Páginas

segunda-feira, 19 de setembro de 2011

Torta de banana antiga


Sempre temos umas bananas para lá de maduras esperando um destino na fruteira, não é? Eu geralmente faço o Bolo Integral de Banana, mas, desta vez, estava aguada por um bolo mais "branquinho". Procurando pela net, achei uma receita muito diferente, mas bastante prática. Primeiro considerei essa receita meio "improvável" (de dar certo) pois tem um modo de fazer realmente diferente de tudo que eu já fiz. Mas o espírito aventureiro mais uma vez baixou em mim e resolvi testar a novidade. Por ser uma receita com cara de caderninho de receitas antigo, batizei-a de "torta de banana antiga".

Eu achei que ficou excelente! Massa super leve, fofinha (boa até fria, no dia seguinte!). A receita original está neste link aqui, mas vou colocar abaixo do jeito que fiz, ou seja, só meia receita, para um refratário pequeno de 25 X 18 cm.

Torta de banana antiga
  • 3/4 de xícara de farinha de trigo
  • 3/4 de xícara de amido de milho
  • 1 xícara de açúcar
  • 100 g de manteiga ou margarina sem sal
  • 1/2 colher de sopa de fermento em pó
  • 1/2 xícara de leite
  • 2 ovos
  • 1 colher de chá de essência de baunilha (acrescentei)
  • 2 bananas nanicas maduras fatiadas finas (acho que fica bom também com maçãs ou pêras)
  • uvas passas a gosto (opcional)
  • canela em pó para polvilhar
Modo de fazer: antes de tudo, atenção: use medidas corretas para não exagerar nas farinhas e economizar no leite, ok?
Coloque a farinha, o amido de milho, o fermento, o açúcar e a manteiga em uma tigela e misture com as mãos até formar uma farofa amarelinha. Pode usar o mixer.
À parte, bata os ovos com o leite e a essência de baunilha. Eu bati na batedeira, mas pode ser à mão, desde que a mistura fique bastante líquida e homogênea.
Coloque metade da farofa num refratário ou fôrma untada e enfarinhada. Por cima, disponha as bananas picadas (pode fazer uma ou duas camadas de banana). Cubra com o restante da farofa.
Jogue por cima de tudo, cuidando para regar todos os espaços igualmente, a mistura líquida de ovos e leite. Não se preocupe se alguns pontos parecerem ainda secos de farinha, pois, no forno, a massa cresce, e a umidade se transmite para toda a torta. Pode confiar (não precisa ficar espetando para o líquido espalhar, nem colocar mais leite, a não ser que o líquido caiu todo de um lado só)! Salpique, por último, com as uvas passas, a canela e um tiquinho de açúcar.
Leve ao forno para assar por meia hora a 40 minutos ou até que core. Fica muito gostosa para um lanche da tarde!!!

2 comentários:

Nil disse...

Oi Fabi. É verdade, e nesse momento a minha fruteira está com algumas bananas precisando de um destino; obrigadinha, essa receita acendeu o desejo de uma torta de banana. ABraço. Nil :)

Alessandro Suellen disse...

Estou fazendo nesse mmomento, espero que fique gostoso também!!!

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails