Páginas

terça-feira, 12 de outubro de 2010

Cuca gaúcha

Meu marido vivia falando dessa cuca, que não é "aquela" do Sítio do Pica-pau amarelo, ok? Eu já tinha comido alguma vez na minha vida, mas nem me lembrava mais de como era. Fui procurar a receita na net, tomando o cuidado de achar uma "autêntica", sulista de bombachas, tchê!

Escolhi a receita do blog "Papo na Cozinha", feito por gaúchos. Mas fiz uma adaptação em relação à farofa, pois acho que a quantidade de farinha está errada (poderão até achar o comentário que deixei lá no post).

Dá um pouquinho de trabalho, pois precisa deixar crescer 3 vezes, mas ficou muito boa...é um "misto de bolo de vovó com pão doce", com aquela inconfundível farofinha de manteiga por cima, que "dá o sabor à coisa". Eu tinha acabado de trazer blueberries congeladas de BH e fui logo
usando uma xícara na cuca, junto com uma maçã argentina e raspas de limão siciliano. Mas tudo isto é opcional, pois obrigatória mesmo é só a farofa (e, de preferência, comer a cuca quentinha com um chá).

Cuca Gaúcha
Link original aqui.
São convenientes: um timer sonoro; uma batedeira planetária e uma fôrma bem grande (40 cm).

1 - Esponja:
  • 1 xícara (chá) de farinha de trigo
  • 1 envelope (10g) de fermento biológico seco instantâneo
  • 1/2 xícara (chá) de água
  • 1 colher (sopa) de açúcar
Misturar os ingredientes e deixar repousar por 30 minutos para formar a "esponja".

2 - Massa:
  • 1 e 1/2 xícara (chá) de açúcar
  • 1 pitada de sal
  • 1 xícara (chá) de leite
  • 1 colher (sopa) de óleo
  • 100 g de margarina (eu usei manteiga em temperatura ambiente)
  • 2 ovos
  • 4 xícaras de farinha de trigo
Misture a esponja com estes ingredientes, até a mistura ficar homogênea. Pode ser com uma colher de pau ou na batedeira, usando o batedor para massas leves (em 2 minutinhos está pronto).
Deixe repousar por mais 30 minutos.
Dica: se usar a batedeira, cubra-a com um pano de prato para evitar que a farinha saia voando com o movimento da pá e suje toda a sua cozinha. ;-)

Unte uma assadeira grande (40 cm) ou, se não tiver, duas menores (porque a cuca é boa fininha!) com manteiga + farinha. Espalhe a massa sobre a fôrma, com a ajuda de uma colher de pau ou uma espátula de silicone e deixe crescer novamente por mais 30 minutos.

Pique e tempere (com canela, cravo em pó, noz moscada, limão) as frutas que pretende jogar por cima da cuca (opcional) e prepare a farofa.

3 - Farofa (alterada da receita original)
  • duas colheres (sopa) de manteiga gelada (dura mesmo)
  • 1/2 xícara (chá) de açúcar
  • 1 xícara (chá) de farinha de trigo
Mexa tudo com os dedos (fazendo movimento de pinça), até formar-se a farofa. Caso o dia ou suas mãos estejam quentes e a manteiga derreta, coloque a mistura na geladeira alguns minutos
e volte a trabalhar com a manteiga gelada.

Cubra a massa com as frutas e, em seguida, com a farofa e leve para assar a 180 graus por 40/50 minutos, mais ou menos (faça o teste do palito).

6 comentários:

Clau disse...

Eu adoro cucas assim,me faz lembrar das que minha mãe fazia vou ter que testar essa receita.bjus e boa semana.

Edu disse...

hmmmm! tava boa! faz de novo?

NEIDE disse...

oi , maravilhosa a cuca gaucha , fofinha , nunca pensaei q fosse fazer uma assim tão perfeita , bjs..e obrigado.

NEIDE disse...

oi , um espetáculo , essa cuca , fofinha e deliciosa , obrigado...

Anônimo disse...

Ola, posso usar aveia na farofa para ficar mais saudavel? Obrigada

Fabi disse...

Neide, que bom que a sua também ficou boa! Eu só acho essa receita "muito grande" para a minha casa, que só tem duas bocas.
"Anônimo", teste a receita do jeito que quiser. Mas a farofa autêntica da cuca é mesmo farinha com manteiga e açúcar e só. Eu coloquei frutas e, claro, você pode colocar aveia. Só acho que vai ficar meio sequinha...depois nos conte!

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails