Páginas

quinta-feira, 28 de agosto de 2008

Frango ou carne com molho de páprica

Fiz essa receita no almoço de ontem e posso dizer que foi uma refeição com um sabor "diferente" do "arroz com feijão" habitual. Fácil de fazer e com um sabor "exótico", vale a pena experimentar.

Quem aprecia o prato alemão/austríaco paprika schnitzel talvez também vai gostar dessa receita aqui. Só fica aceso e piscante o alarme de "comida não diet" aos dietéticos de plantão.

Receita para duas pessoas:
  • a carne de sua preferência temperada (eu usei cortes de frango, mas acho que essa receita requer carne em filés, seja de boi, frango ou porco. Recomendo o porco, temperado com algumas gotas de limão, pimenta do reino e sal)
  • manteiga de boa qualidade (não serve margarina)
  • uma cebola média picada
  • dois dentes de alho picados
  • uma colher de sopa de páprica (eu usei a picante, mas era fraca. Algumas marcas podem ser muito picantes. Se preferir, misture a doce com a picante)
  • uma colher de sopa de farinha de trigo
  • dois tomates sem sementes picados
  • duas colheres de sopa de creme de leite
  • uns 300 ml de caldo de carne/galinha (depende da carne que você escolher) - faça misturando um tablete de caldo em cubo nos 300 ml de água fervente
  • sal, pimenta

Eu fiz a receita numa panela de ferro emprestada...é outra história...mas como quem não tem cão caça com gato, serve qualquer uma, desde que não seja muito pequena (mais larga que funda).

Comece fritando a carne escolhida em uma porção generosa de manteiga. Recomendo empanar os filés levemente na farinha de trigo antes. Deixe fritar até dourar.

Na mesma panela (ponha mais manteiga ou óleo, se precisar), jogue a cebola e depois o alho e frite até dourar. Acrescente a páprica e a farinha de trigo e abaixe o fogo.

Logo em seguida, coloque os tomates picados e refogue alguns minutos. Vá acrescentando aos poucos o caldo de carne/galinha e mexendo. O caldo vai engrossar com o cozimento, por causa da farinha e da evaporação. Não tem tempo de cozimento: enquanto durar o caldo de carne para acrescentar você pode deixar cozinhando aos pouquinhos. Ao chegar no ponto desejado, acerte o tempero, recoloque as carnes fritas na panela para esquentar, desligue o fogo e, por último, misture as duas colheres de creme de leite.

Esse prato pede um arroz branco feito na hora e umas bolinhas de batata, parecidas com nhoques gigantes, conhecidas como "knödels" (veja na foto da paprika schnitzel, no link acima). Mas como eu ainda não tentei fazê-los, deixo os knödels por conta de vocês.

O que eu fiz foi uma outra massinha cozida (não está na foto), também boa e com gosto de "spätzle" (segundo meu marido) que é uma espécie de massa de macarrão, que você pode comer em restaurantes alemães também. A receita certinha eu não sei, porque fiz "a olho", mas aqui tem uma receita que você pode seguir (só da massa). Você pode cozinhar o spätzle em bolotas, como quem faz bolinhos de chuva, usando duas colheres para colocar a massa na água.

Faça os spätzles e afunde-os no molho de páprica. Se você gosta de sabores diferentes, você não se arrependerá.

2 comentários:

Michael disse...

Fabi, o knödel é bem fácil: vc pica pães amanhecidos e mistura numa bacia com ovo, leite e sal. Depois joga farinha de trigo. Qdo estiver bem misturado, vc faz as bolinhas e cozinha na água fervendo. É só isso! Ah, tem gente que faz recheado (salgado ou doce)... mas nós nunca fizemos não. Bjs, Ana.

Fabi disse...

Ana, obrigada pela receita. Mas com "comida de mãe" (em geral) e do "Juca Alemão" não ouso competir! Corre-se o risco da comparação...rs. Abs!

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails